Darth Vader Hello Kitty

Sim, o lado negro se disfarça de todo jeito

imagem do Hello Kitty from Hell

Sucesso sempre tem um gosto bom, mas a gente precisa lidar com o lado negro da força o tempo todo. Desde o início do LuluzinhaCamp, há três anos, o grande esforço – meu e das coordenadoras – é formar uma comunidade e evitar interferências “comerciais”. Claro que a gente adora os nossos patrocinadores e apoiadores. Só que tem muito sapo de fora que, depois de dizer em alto e bom som que não é luluzinha, contando com o esquecimento geral e recorrente, tenta usar a base #luluzinhacamp para “se fazer”.

Feio? Horrível. E faz parte. Por isso mesmo escrevo este pequeno post. Não acredite em qualquer @ tuitando sobre o LuluzinhaCamp. Seja crítica: esta pessoa participa da comunidade? Apóia a gente nos eventos? É presente? Seu(s) blog(s) faz(em) parte do nosso blogroll? Está do nosso lado ou quer usar a ingenuidade de quem está distraída como escada? (expressão teatral para “usar o outro pra aparecer”)

Acreditem na @lufreitas. Há, sim, várias pessoas, tanto no Twitter como nos nossos grupos que agem exatamente desta forma. Gente que não participa das nossas conversas, não contribui para aliviar aflições ou provocar gargalhadas e, quando interessa – só quando interessa – aparece na nossa timeline ou cria um tópico. Eu sei nomear cada perfil destes. Quero saber se você, que participa dos grupos, adora nossos encontros e curte a comunidade, também sabe.

Abram os olhinhos. O mundo não é feito só de coisas boas e construtivas. Haja gente do mal com um sorriso simpático na cara – sem vergonha. #prontofalei