Assim como eu, você deve estar cansad@ de comédias românticas, certo? Sempre tão iguais. Confesso que há algum tempo tenho muita preguiça de vê-las. Porém, se você tem uma Mãe que adora comédias românticas, é bem provável que de tempos em tempos verá alguma. E a desse fim de semana foi Como Você Sabe, com a fofa Reese Whiterspoon.

Cena do Filme Como Você Sabe. Divulgação.

Para minha grande surpresa essa é uma comédia romântica com alguns pequenos toques de originalidade. É claro que há um final feliz, mas poderia haver outros. E Lisa não é a heroína típica, ela não cairá de amores por um ótimo pretendente, para então algo ou alguém separá-los, para enfim ficarem juntos no final. Lisa está descobrindo o que é gostar de alguém e, como a maioria das pessoas, não tem tanta certeza sobre o que é isso.

Lisa é jogadora de beisebol. Passou sua vida inteira jogando e amando jogar beisebol. Curtiu a vida como qualquer garota. Porém, a idade chegou, seu desempenho não é mais o mesmo e ela foi cortada da principal equipe americana. Um baque para o qual não se preparou. Suas amigas de time estão todas ao seu lado, assim como a ex-treinadora, mas chegou a hora de Lisa pensar em outras coisas. E aí no meio dessa mudança repentina aparecem Matty e George.

Não vou me alongar sobre o triãngulo amoroso, o interessante do filme é a maneira como Lisa vai construindo seus sentimentos pelos dois. Saindo, conhecendo, conversando e ao mesmo tempo imersa em dúvidas sobre sua vida. Talvez Lisa seja uma mulher muito real para comédias românticas. Pois ela não tem certezas, não tem como grande sonho casar e ter filhos, não sabe muito bem o que fazer com sua carreira agora, mas está lá vivendo, fazendo planos e vendo que não há respostas para tudo. Comendo, rindo, transando, pagando mico. Uma mulher de 31 anos que não precisa descobrir tudo agora, ela pode continuar pegando alguns ônibus ou táxis quando quiser. Não é o melhor filme do ano, mas um frescor entre tantos relacionamentos de ficção enlatados.