Faz tempo que Drew Barrymore não é mais a garotinha de E.T. Hoje além de atriz ela também é produtora e diretora, sempre procurando sair do óbvio, mesmo que seus filmes sejam comédias românticas. Ela inclusive defende a existência de comédias românticas ou rom-coms como são conhecidas nos Estados Unidos. Em uma entrevista de divulgação de seu filme Amor à Distância, Drew disse:

Pergunto sobre Amor à Distância e a importância de comédias românticas. “Preciso delas no final de um dia de merda – um final feliz e agradável, um conto de fadas”, ela concorda. “Por outro lado, gosto de filmes que são baseados na realidade, mas ainda assim mantêm a sua comédia.”

Sua personagem Erin é, ao mesmo tempo, dura e vulnerável ??- uma moderna Katharine Hepburn. “Não estou em um ponto da minha vida onde quero interpretar uma personagem que diz: “Eu só preciso me casar”. Juro por Deus, em algumas comédias românticas, as mulheres parecem estar tomando injeções de esteróides, e eu sinto que elas vão comer o marido vivo no dia do casamento. Isso só me apavora – Eu não quero fazer nada relacionado a isso. Eu quero ter um emprego. Na verdade, este filme faz a pergunta: Como você mantém o trabalho e o cara ‘? Essa é uma pergunta que estou interessada em discutir, não como eu vou arrancar seu cabelo fora, porque você roubou meu vestido de noiva “. Não me importo com isso. “

Drew Barrymore no filme Os Garotos da Minha Vida. Um dos meus preferidos.

Sempre gostei de ver Drew em cena com seu rostinho de menina. Ela lembra aquela nossa amiga louquinha que sempre sabe onde estão as melhores baladas escondidas na cidade e que tem os amigos mais modernos. Além de produtora do remake da nova série de tv As Panteras, Drew tem caminhado pela direção. Estreou em 2009 com o divertido Whip It! — que no Brasil ganhou o título: Garota Fantástica. Neste filme Ellen Page é Bliss Cavendar, uma texana de 17 anos que se vê diante de duas opções: levar a sério o concurso de beleza da cidadezinha onde vive ou tentar a sorte no circuito do “roller derby” – modalidade esportiva predominantemente feminina, com equipes disputando corrida de patinação em pistas ovais. No meio de tudo isso, é claro, ela conhece um carinha por quem se apaixona. Mas Bliss é nossa heroína da adolescência, vai lidar com os pais, a melhor amiga, o paquera e não vai deixar nada barato. Um filme com ótima trilha sonora, cenas de ação sobre patins e muito girl power.

E essa semana descobri que Drew dirigiu o clipe da música “Our Deal” para a banda Best Coast. No clipe uma garota e um garoto de gangues rivais se apaixonam, há todo um clima West Side Story e a música é ótima. No papel principal ainda temos a fofíssima Chloë Moretz, que é outra atriz que adoro. E a mão de Drew está lá, contando uma história cheia de sensibilidade e amor, com uma personagem durona e vulnerável, como todas somos.