Janeiro é o período das liquidações irresistíveis. E consequentemente dos arrependimentos eternos. Foi numa liquidação de janeiro que você adquiriu aquela saia de cor, digamos… “exótica”, e que não usou até hoje.  E em sua defesa alega com veemência que o preço foi uma pechincha.

Abram os olhos meninas, um único real gasto em algo  que não é usado,  é um real desperdiçado! E nem precisa calcular muito para saber que o montante é bem maior do que uma moedinha.

Mas não serei desmancha prazeres, dizendo que devem fugir destas liquidações. Algumas são realmente muito boas, apenas venho alertá-las sobre alguns cuidados a serem observadas para que possam fazer boas compras.  A melhor maneira de aproveitar realmente as liquidações de janeiro é:  Antes de sair e entregar-se de corpo e alma ao prazer de comprar, faça uma boa arrumação no armário.

E essa arrumação não é simplesmente, mudar as coisas de lugar, dobrar, pendurá-las de outra forma. Existe uma técnica que vai ajudá-la a comprar realmente o q está faltando no seu armário. Isso sim, é investimento!

O primeiro passo é observar quais são as peças que você realmente usa.  O segundo é observar as que usa menos e pensar por qual motivo isto ocorre. Talvez a falta de outra peça para completá-la.  Anote quais peças são estas e pense numa possível peça de roupa (de preferência, única!) que possa completá-las. É isso que pode e deve procurar nas liquidações de janeiro. Coisas qie realmente precisa, por um preço que valha a pena e não somente sair carregada de outras peças que não combinam com nada do que você já tem, resultando em mais roupas encalhadas.

O terceiro passo é separar todas as roupas que não usa mais. Sem pena, ok? Nada de ficar guardando aquela calça jeans que usava aos 18 anos, que além de guardar muitas lembranças boas, guarda também a sua esperança de voltar a caber nela, mesmo do alto dos seus 30 e poucos anos, em que nossas viradas e reviradas hormonais providenciam para que nossos quadris jamais voltem a ser os mesmos.

Não enrole, vamos! Abra espaço. Isso ajudará até a melhorar sua visualização do que possui. Conheço gente que repete sempre as mesmas roupas por não conseguir lembrar de tudo que tem.

Agora, pegue estas roupas e faça uma DOAÇÃO!

Você abrirá espaço no armário e na alma, pois todo  bem traz leveza a quem o pratica.

P.S.  Este post foi escrito antes das tragédias causadas pelas chuvas em vários estados. Antes sua doação seria apenas uma boa ação. Agora ela é vital para muitas pessoas. Doe não somente roupas e calçados, mas também alimentos, água, remédios e produtos de higiene. Ajudar o próximo, é investir num mundo melhor.