No dia 6, rolou o III Fórum Claudia pela Mulher Brasileira. O Flickr deu uma cortada básica (regras são regras) no vídeo, mas este depoimento da Maria Paula é pra vocês, Luluzinhas, para pensarmos mais um pouquinho nas imposições que se fazem sobre nós.

Eu vou converter tudo bonitinho e colocar no Vimeo e publicar inteirinho aqui (e vocês vão continuar com enjôo, porque câmera tremida não tem jeito…). Fiquem com o trailer (que é bom) para pensarmos em nós, neste dia da Mulher.

Update: 

Ontem no LuluzinhaCamp aqui em S. Paulo, a gente combinou de fazer uma corrente para se “auto-excomungar” da Igreja Católica em protesto contra a atitude pra lá de estranha do Arcebispo de Olinda e Recife, que excomungou médicos, família e menina de NOVE anos (vítima de estupro, grávida de gêmeos) e nem comentou o estuprador. 

Meu padastro querido já escreveu sobre isso e nem estava sabendo da corrente.

A Letícia prometeu post para hoje no Cozinha da Matilde (junto com a receita do cuscuz e do lessi – é assim que escreve)?

Gente, não vamos deixar o cansaço e a alegria de nosso encontro ontem turvarem nosso senso de justiça. Vamos conversar sobre isso. Vale mesmo, num Estado Laico (sim, nosso estado não é religioso), uma igreja tomar atitudes tão violentas e unilaterais – e contra a lei – quando a gente luta extamente contra a violência e pela igualdade no tratamento? 

Isso é justo? 

Entrem na roda, mandem seus links e a gente publica… quem não tem blog e quiser colocar seu texto aqui, use o formulário de contato